Bahia

Em meio a falta de oxigênio, polícia apreende 33 cilindros em caminhão em Manaus

Os materiais apreendidos foram distribuídos para as unidades hospitalares.

camera_alt Reprodução/TV Santa Cruz

As polícias Civil e Militar apreenderam 33 cilindros de oxigênio em um caminhão na zona centro-oeste de Manaus. Os policiais chegaram até os cilindros por causa de uma denúncia anônima informando sobre uma movimentação estranha dentro do veículo, parado no local, e cilindros estavam sendo retirados para veículos particulares.

O condutor, de 38 anos, foi preso por reter produtos para o fim de especulação, segundo informou a SSP-AM (Secretaria de Segurança Pública do Amazonas), que não informou a identidade do condutor do veículo e da transportadora.

De acordo com o delegado Bruno Fraga, diretor do Departamento de Polícia do Interior, os materiais apreendidos foram encaminhados para as unidades hospitalares de Manaus.

Leia também: Bahia disponibiliza 30 leitos para pacientes amazonenses com Covid-19

Na noite de ontem, policiais civis transportaram os cilindros de oxigênio apreendidos para quatro unidades de saúde da rede estadual. Onze foram levados ao Hospital Beneficente Português. Seis foram para a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas, seis para o SPA (Serviço de Pronto Atendimento) do São Raimundo e três para o SPA do Coroado.

O estado enfrenta uma falta de oxigênio devido a grande ocupação nos leitos que necessitam do cilindro para respirar. “Entre os meses de março e maio, houve um consumo máximo 30 mil metros cúbicos/dia. Hoje, são mais de 76 mil, um acréscimo de 150%”, informou.