Bahia

‘Fake News’ diz que vacina da Oxford estaria sendo comercializada por vendedores ambulantes em Feira de Santana

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) há 165 vacinas contra o coronavírus e todos estão em fase de testes. 

Jornal do Sisal
AFP/Arquivos

Uma notícia falsa envolvendo o jornal Feira Hoje circula pelas redes sociais e grupos de aplicativos de mensagens dizendo que a vacina produzida pela Universidade de Oxford contra o coronavírus estava sendo vendida no Feiraguai, em Feira de Santana, por vendedores ambulantes no valor de R$ 220.

Porém, a vacina produzida pela universidade no Reino Unido ainda está na terceira fase, que é a de testagem em humanos e não veio para a segunda maior cidade baiana.

O texto na imagem usando a logo do jornal informava: “Apesar de ainda estar em estudo e de não ter aprovação da ANVISA, alguns vendedores ambulantes já estão comercializando a vacina de Oxford contra o novo coronavírus, no Feiraguai, em Feira de Santana”.

Concluindo: a notícia é falsa. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), há 165 vacinas contra o coronavírus e todos estão em fase de testes.

Em nota, o portal feirense desmentiu as informações, lamentou o uso da logomarca em uma notícia falsa e que está tomando as medidas cabíveis.  “O Feira Hoje esclarece ao público que não fez a postagem e lamenta mais uma publicação irresponsável envolvendo o novo coronavírus, o que nada de positivo proporciona à população. Procedimentos legais já foram adotados”, escreveu o jornal.