PUBLICIDADE
Bahia

Prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, morre vítima de covid-19

Ele havia apresentado melhora durante a última semana e teria chegado deixar a o leito de Terapia Intensiva. Porém, no sábado, o gestor retornou.

Jornal do Sisal
camera_alt Reprodução/Instagram

Morreu nesta quinta-feira (18/3), o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, vítima da doença respiratória Covid-19. Nos últimos dias seu quadro de saúde complicou, sendo transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

“É com mais profundo pesar que informamos o falecimento do Prefeito de Vitória da Conquista, Sr. Herzem Gusmão, ocorrido na noite desta quinta (18), por volta das 21h, no Hospital Sírio Libanês”, escreveu a assessoria do Prefeito em publicação no Instagram. Com informações do jornal Correio.

Ele havia apresentado melhora durante a última semana e teria chegado deixar o leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Porém, no sábado, o gestor retornou. Depois disso as notícias só foram de pioras no quadro clínico, onde chegou a gravar um áudio afirmando que a “equipe médica achou por bem que eu voltasse pra UTI. Eu estou ainda necessitando de mais oxigênio. Então, eu voltei para usar o cateter de alto fluxo”.

PUBLICIDADE

Herzem Gusmão Pereira nasceu em 2 de junho de 1948 e iniciou sua carreira aos 20 anos em uma rádio. Ele é formado em em Direito e pós-graduado em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Ele deixou a ocupação de deputado para assumir o cargo de prefeito em Vitória da Conquista, sua terra natal, em 2016, quando venceu o próprio Zé Raimundo no segundo turno, com 57,68% dos votos válidos.

Nas eleições municipais de 2020, ele foi reeleito com 54% dos votos mas não assumiu o cargo por contrair a doença em 7 de dezembro. Quem comandou o posto foi sua vice, Sheila Lemos (DEM), que seguirá no cargo pelos próximos três anos.