BahiaEducação

Rui avalia retorno de aulas presenciais ao vacinar profissionais da educação

A resolução da CIB foi aprovada na última quarta (14/4) aprova o início da vacinação contra a covid-19 em profissionais da educação

Da Redação
camera_alt Milton Michida/SES-GO

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comemorou a resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) que aprova o início da vacinação contra a covid-19 em profissionais da educação. Segundo ele, permite a volta das aulas presenciais.

“A ideia é acelerar a vacinação dos trabalhadores da educação para a gente entrar na fase híbrida. Agora é botar a mão na massa”, disse Rui. O plano do governo da Bahia que nomeou de fase híbrida prevê três dias de aulas remotas e outros três de presenciais.

Em uma reunião na última quarta (14/4), o CIB aprovou a vacinação a profissionais da educação com 55 anos ou mais. A resolução foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta (15/4). A data para a inicialização ainda não foi definida, mas a previsão que comece nesta semana, a depender da disponibilidade das doses.

Composto pela Sesab (Secretaria Estadual da Saúde) e secretários municipais de Saúde, a CIB define como será a administração das doses contra a doença respiratória no estado.

A resolução autoriza ainda os municípios que finalizarem a etapa de 59 a 50 anos anos do grupo das forças de segurança e salvamento poderão avançar para a faixa dos 49 a 45 anos. Também foi estabelecido como será a administração para pessoas entre 60 e 64 anos, quilombolas e pacientes com comorbidades.