Bahia

Terremoto sentido em Mutuípe foi maior que o do ano passado

A USGS mediu o terremoto que chegou a 4.6, na escala Richter.

Micael Levi
camera_alt Divulgação/Criativa Online

O município de Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá, na Bahia, foi o centro de um terremoto de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). O fenômeno aconteceu na manhã deste domingo (30/8).

Em 2019 a cidade baiana foi protagonista do tremor que, de acordo com Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), teve uma magnitude de 3,5 na escala Richter, sentido também em Amargosa.

Desta vez, o tremor foi maior. A USGS mediu o terremoto que chegou a 4.6, na escala Richter, utilizada para quantificar a magnitude de um sismo, maior que o do ano passado e do que sentido nos municípios próximos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Estávamos dormindo, aí a gente acordou com um barulho ensurdecedor, a terra tremendo, vidraça chacoalhando. Foi como se tivesse um caminhão ligado em cima do telhado. Depois passou e voltou a tremer de novo”, contou Valdir Dika, morador de Mutuípe, ao G1.

“Foi uma coisa sinistra. Nossa reação foi só abraçar nossa filha. É uma sensação incrível, de que tudo ia desabar. Sensação de pânico mesmo, pessoas gritando na rua. Eu já tinha presenciado outros tremores aqui, mas igual a esse não”, disse Dika.

Em Amargosa, o tremor foi de 4.2. Em outras cidades, o abalo foi menor, caso de São Félix, que registrou 1.6 na escala. “Foi curto mais parecia uma eternidade”, contou uma moradora de Amargosa.

  • Notícias sobre