Brasil

Bolsonaro desiste de criar Renda Brasil: “Vamos continuar com o Bolsa Família. E ponto final”

No vídeo ele ainda ameaçou com “cartão vermelho” quem defender medidas como o corte de benefícios de aposentados e deficientes.

Micael Levi
Isac Costa/PR

Em um vídeo divulgado no Twitter nesta terça-feira (15/9), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou que desistiu de criar o Renda Brasil, uma reformulação do Bolsa Família. No vídeo ele ainda ameaçou com “cartão vermelho” quem defender medidas como o corte de benefícios de aposentados e deficientes.

“Eu já disse que jamais vou tirar dinheiro dos pobres para dar para os pauspérrimos. Quem porventura vier propor para mim uma medida como essa, eu só posso dar cartão vermelho para esta pessoa. É gente que não tem o mínimo de coração, o mínimo de entendimento de como vivem os aposentados do Brasil”, disse o presidente.

A informação sobre o corte foi dada nesta terça-feira (15/9), pela imprensa, e iria possibilitar uma diminuição das despesas para abrir espaço orçamentário no teto de gastos para encaixar a expansão do Bolsa Família e, consequentemente, a criação do Renda Brasil.

“Até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família. E ponto final”, declarou o chefe do Executivo Federal.