Brasil

Caminhoneiros dizem que líder da greve de 2018 não os representa

A categoria tentou uma nova greve em dezembro do ano passado mais fracassaram.

Jornal do Sisal
Eduardo Anizelli/Folhapress

Por Da Redação

Os caminhoneiros repudiaram o novo pedido de Wallace Landim, líder da greve em 2018, de ficar em casa nesta quarta-feira (19/02/2020) e disseram que o líder mais conhecido como Chorão, não os representa mais.

A categoria tentou uma nova greve em dezembro do ano passado mais fracassaram. De acordo com a Folha de S. Paulo, os pleitos são os mesmos, querem que o STF julgue a permanência da tabela do frete e defendem a redução de impostos sobre o diesel.