Brasil

Governo suspende exames para HIV e hepatite C por atraso na licitação

Um novo pregão foi realizado nesta terça (8/12), mas não foram divulgados resultados e outras informações.

Jornal do Sisal
camera_alt

O Ministério da Saúde suspendeu os exames de HIV e hepatite C por conta do atraso na licitação. Segundo a pasta, o fim do contrato aconteceu em novembro com a empresa Centro de Genomas, que realizava a genotipagem – exame que identifica o vírus e orienta a combinação de medicamentos que deve ser passada para o paciente.

Ainda de acordo com o ministério, no dia 7 de outubro foi realizado um anúncio eletrônico para a seleção de uma nova empresa, mas o processo foi mal sucedido por causa da empresa não anexar todos os documentos solicitados no edital.

Um novo pregão foi realizado nesta terça-feira (8/12), mas não foi divulgado informações. Sem a empresa, os exames estão suspensos com retomada prevista para 2021.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Brasil é reconhecido e respeitado mundialmente pelo combate à Aids. Hoje, aproximadamente 920 mil pessoas têm HIV no Brasil e mais de 600 mil estão em tratamento.