PUBLICIDADE
Brasil

Mãe é acusada de medicar filha de 12 anos para facilitar estupro do padrasto

Em depoimento, os suspeitos negaram o crime.

Jornal do Sisal
camera_alt

A Polícia Civil prendeu na última sexta-feira (2/4), uma mulher de 40 anos acusada de dar remédio a filha de 12 anos para facilitar o estupro do padrasto de 34 anos, que também foi preso, em Três Marias, município de Minas Gerais.

De acordo com os policiais, a menor contou a avó que ficou sonolenta depois de um remédio que sua mãe lhe deu para o homem cometer o abuso sexual. O conselho tutelar foi acionado.

Com eles, os agentes encontraram o medicamento utilizado no crime, além de celulares dos dois. A menina foi encaminhada a um hospital, que recebeu medicação para prevenir a gravidez e doenças sexualmente transmissíveis. De acordo com o jornal O Tempo, a mãe da vítima tem passagens por ameaça e o homem não tem passagens policiais.

PUBLICIDADE

Em depoimento, os suspeitos negaram o crime. A menina ainda não foi ouvida pela Polícia Civil. A investigação segue em andamento.

  • Notícias sobre