Brasil

Médico xinga e ameaça enfermeira durante atendimento

No vídeo, o médico aparece levantando-se de um dos leitos e indo em direção ao balcão, onde está a enfermeira.

Jornal do Sisal
Reprodução/Twitter

Por Da Redação

Um médico psiquiatra foi flagrado xingando uma enfermeira de “incompetente” e “fodida” enquanto era atendido por ela. O médico foi identificado como José Gilberto Luna Sobrinho e o vídeo foi gravado durante um plantão no Hospital Nossa Senhora de Fátima, em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

No vídeo, o médico aparece levantando-se de um dos leitos e indo em direção ao balcão, onde está a enfermeira. Descalço e de bermudas, ele se identifica como médico e diz que irá aplicar em si mesmo a medicação que está sendo manipulada pela profissional.

“Eu sou médico, eu aplico, dá. Cadê a medicação? (…) Então vai, dá que eu aplico, sua incompetente”, ofende Sobrinho. Em seguida, ele grita e ameaça a enfermeira. “É o que? Fala alguma coisa, fala alguma coisa. Miserável. Amanhã eu vou chegar no gerente geral do hospital e falar sobre você como um médico. Você é uma miserável, você é. Sua fodida”.

Um homem, encostado no balcão, e uma criança, ao lado do leito do psiquiatra, acompanham as ofensas em silêncio.

O vídeo viralizou nas redes sociais e foi compartilhado junto com fotos do perfil de Sobrinho nas redes sociais com homenagens ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
No Instagram, o médico publicou um vídeo no qual pede desculpas e diz estar “surpreendido” com a repercussão do vídeo. Como justificativa, ele alega que estava embriagado e afirma que “só tem amor à enfermagem”.

Em nota, o Coren-RJ (Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro) classificou o ocorrido como “abusivo e repulsivo” e afirmou que já foi aberta uma apuração inicial dos fatos.

Com informações no Yahoo Notícias.

  • Notícias sobre