Brasil

Mulher denuncia motorista de app que se masturbou no carro

Ela denunciou a importunação sexual do motorista que deve ser intimado pela Polícia Civil para prestar depoimento nos próximos dias. 

Jornal do Sisal
Reprodução/Ilustrativa

Por Micael Levi

Mais um dia de trabalho para Alice* e ela aparenta está empolgada, ela trabalha em um bar até de madrugada. Sempre quando acaba seu expediente ela pedi um transporte por um aplicativo junto com sua amiga. Se repete sua rotina.

Mas na madrugada desta quarta-feira (27/02/2020), por volta das 5h, horário de voltar pra casa, o motorista Januário* mudou o dia da passageira.

A primeira parada é deixar a amiga no seu endereço, até ai tudo bem. Agora é seguir tranquilamente para o endereço de Alice. Mas um pedido de Januário deixa a trabalhadora constrangida porque ele pedi como um fetiche que ela exibisse suas pernas enquanto ele se masturbava, e se ela fizesse aquilo não precisava pagar pela corrida.

A passageira negou o pedido, mas mesmo assim ele continuou a se masturbar na frente dela. A ação perdurou até o momento em que o homem parou o veículo em frente à residência da passageira. Ao chegar no endereço de Alice, para tentar reduzir o constrangimento, o profissional pediu desculpas à cliente e seguiu viagem.

Ela denunciou a importunação sexual do motorista que deve ser intimado pela Polícia Civil para prestar depoimento nos próximos dias.

O caso aconteceu no Distrito Federal e o feito do motorista será enquadrado como abuso.

*Os nomes não são verdadeiro, pois não foi divulgado os perfis dos envolvidos.