Brasil

TCU decide conceder aposentadoria a José Dirceu de R$ 33,7 mil

Ele foi condenado a a 39 anos, 9 meses e 10 dias de prisão na operação Lava Jato.

Micael Levi
camera_alt Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O ex-deputado federal José Dirceu (PT-SP) teve a liberação da aposentadoria aprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), nesta quarta-feira (15/7).

Ele foi ministro da Casa Civil no governo Lula, sendo condenado a 39 anos, 9 meses e 10 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela operação Lava Jato. Foi preso várias vezes, até que se entregou à Polícia Federal, deixando o presídio em novembro do mesmo ano.

Além do ex-ministro, o acordão de relatoria de Augusto Nardes, também concede o benefício para o ex-deputado José Linhares Ponte e os ex-ministros da Saúde, Saraiva Felipe e José Mentor, investigados pela Lava Jato.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com a nova previdência, os parlamentares estão sujeitos ao teto do INSS, atualmente em R$ 5.839,45. Porém, deputados federais que acessarem o período de transição da categoria mantêm o benefício acima do teto e com valor proporcional ao tempo de mandato, como no caso de Dirceu, que deve receber a mesma quantia de R$ 33.763.

  • Notícias sobre