PUBLICIDADE
Economia

Bolsonaro diz que está ‘quase certo’ auxílio de R$ 250 por quatro meses

Ele ainda afirmou que o benefício é um auxílio e não uma aposentadoria.

Jornal do Sisal
camera_alt Andre Borges/Metropoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou a apoiadores nesta segunda-feira (1/3), que o auxílio emergencial de R$ 250 com duração de quatro meses está “quase tudo certo”. De acordo com ele, o benefício movimenta a economia local.

“Tive uma reunião ontem à noite de quase três horas aqui… R$250,00 por quatro meses. Alguns reclamam que é muito pouco. Meu Deus do céu, alguém sabe quanto custa para todos vocês?”, questionou.

Ele ainda afirmou que o benefício é um auxílio e não uma aposentadoria. Ele também reforçou que o Governo Federal não tem dinheiro em cofre.

PUBLICIDADE

A afirmação também foi dada, nesta segunda-feira (1/3), pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. De acordo com o parlamentar, o auxílio será pago apesar da Proposta de Emenda à Constituição que inclui o pagamento, a chamada PEC Emergencial, ainda não ter acordo para ir à votação.

  • Notícias sobre