Economia

Bolsonaro troca comando da Petrobras após alta nos preços dos combustíveis

Em publicação no Facebook, Bolsonaro compartilhou nota assinada pelo Ministério de Minas e Energia sobre a mudança.

Da Redação
camera_alt Filipe Cardoso/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (19/2) que o governo decidiu indicar o general Joaquim Silva e Luna para assumir os cargos de conselheiro e presidente da Petrobras após o encerramento do ciclo do atual CEO da companhia, Roberto Castello Branco.

Em publicação no Facebook, Bolsonaro compartilhou nota assinada pelo Ministério de Minas e Energia sobre a mudança.

Silva e Luna, atual presidente de Itaipu, assumiria “após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente” da petroleira estatal, de acordo com o comunicado.

A Petrobras informou que recebeu ofício do Ministério de Minas e Energia solicitando providências para a convocação de uma assembleia geral extraordinária de acionistas com o objetivo de avaliar a indicação do general a um cargo no conselho da companhia.

No documento, o ministério pede ainda que Joaquim Silva e Luna “seja, posteriormente, avaliado pelo conselho de administração da Petrobras para o cargo de presidente”.

A estatal disse que o atual CEO Roberto Castello Branco e os demais diretores executivos têm mandato até 20 de março de 2021. Com informações da Agência Reuters.