Economia

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.088 para 2021

O texto será analisado pelo Congresso nesta quarta.

Jornal do Sisal
camera_alt Divulgação

Nesta terça-feira (15/12), a equipe econômica do governo encaminhou a nova proposta de LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que propõe um aumento no salário mínimo, dos R$ 1.045 atuais, para R$ 1.088 a partir de 2021. O texto será analisado pelo Congresso nesta quarta-feira (16/12).

A correção considera a estimativa da inflação acumulada neste ano, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 4,1%.

Cada R$ 1 a mais no salário mínimo eleva as despesas líquidas do governo em R$ 304,9 milhões no ano. Já o aumento de 0,1 ponto percentual no INPC tem impacto líquido de R$ 720,8 milhões. Ambas as informações já constavam na versão original da LDO.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Lei de Diretrizes Orçamentárias orienta a elaboração do Orçamento e, posteriormente, a execução, já no ano seguinte. Pela Constituição Federal, é papel do Executivo enviar a proposta para análise até 15 de abril, e o Congresso precisa aprová-la até 17 de julho. Nenhuma das datas foi respeitada.

  • Notícias sobre