PUBLICIDADE
Educação

Governo da Bahia lança projeto de cursos profissionalizantes com bolsa-auxílio

Os cursos terão uma bolsa de R$ 240, pago em dois meses em parcelas de R$ 120.

Jornal do Sisal
camera_alt Reprodução/Redes Sociais

O governo da Bahia lançou nesta terça-feira (23/3), o projeto “Conectar Qualificação e Trabalho” com cursos profissionalizantes com seis mil vagas e bolsa-auxílio. As inscrições podem ser feita no site do projeto até o dia 31 de março.

De acordo com o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, os cursos terão uma bolsa de R$ 240, pago em dois meses em parcelas de R$ 120. Segundo ele, a bolsa é destinada para custeio do pacote de internet para que os estudantes possam participar do curso.

De acordo com o governador da Bahia, o projeto, que tem como objetivo reduzir os impactos da pandemia de coronavírus, oferece a capacitação com carga horária de 60h realizado na modalidade Educação a Distância (EAD), em áreas como marketing digital e e-commerce; redes sociais como ferramenta de marketing; fotografia digital; digital influencer e marketing digital para o empreendedor.

PUBLICIDADE

As vagas são destinadas a baianos de 16 a 29 anos, egressos de escolas públicas; trabalhadoras autônomas cadastradas no Programa Contrate.Ba; mulheres chefas de família monoparental; rodoviários desempregados; condutores de vans escolares e motoristas de transporte complementar.

Ainda de acordo com o governo estadual, há também a oportunidade de adquirir conhecimentos que podem ser um diferencial no mercado de trabalho, como inglês básico e pré-intermediário, ou acompanhar tendências no setor de serviços, através dos cursos de gastronomia, com ênfase na culinária vegana; unhas artísticas e manicure profissional; profissional organizer e cuidador de idosos.

Os rodoviários e motoristas de vans que ficaram desempregados por causa da pandemia, poderão participar de cursos de reciclagem, que inclui temas de saúde e segurança do trabalho.