Educação

Governo quer privatizar creches através do Fundeb

A ideia se deu após um levantamento que mostra a existência de creches inacabadas e paralisadas em todo o Brasil

Jornal do Sisal
Pedro Ventura/Agência Brasília

Por Da Redação

O governo federal que usar o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), para colocar em prática um plano de privatizações de creches. A Fundeb é principal mecanismo de financiamento da educação básica.

A ideia se deu após um  levantamento que mostra a existência de 830 creches inacabadas e 247 paralisadas em todo o Brasil. O Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) começou a trabalhar com projetos-piloto, o primeiro deles em Teresina, no Piauí. O contrato com o investidor privado poderia ser de até 35 anos.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), em entrevista ao blog Painel, do jornal Folha de S. Paulo, disse que as empresas vão fazer o investimento inicial, seja de construir ou concluir a obra, e depois vão cobrar uma taxa de retorno. “A gente vai pagar a elas a taxa de manutenção para o dia a dia da creche. A ideia é usar o Fundeb para isso. Fizemos três reuniões com o PPi nesse sentido”, esclareceu. Como a lei que criou o Fundeb expira este ano, um novo modelo está em discussão no Congresso Nacional.