Educação

Inep: Cidades podem optar por adiar Enem para fevereiro

Ainda não há confirmação de alguma cidade do adiamento. Para a maioria está mantida a data definida pelo Inep.

Micael Levi
camera_alt Rafaela Felicciano/Metrópoles

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou nesta quarta-feira (13/1) que as cidades podem optar por não realizar o Exame Nacional o Ensino Médio (Enem) como o coronavírus como justificativa.

A decisão acontece depois da pressão para o adiamento do exame devido ao agravamento da pandemia de coronavírus. Caso os municípios optem pelo adiamento, a prova será realizada nos dias 23 e 24 de fevereiro, mesma data que os privados de liberdade ou que tiveram os sintomas poderão realizar a prova.

Por causa dos altos casos diários de casos e mortes da Covid-19, a prefeitura de Manaus decidiu não liberar as escolas municipais para a realização da prova. Ainda não há confirmação de alguma cidade do adiamento. Para a maioria está mantida a data definida pelo Inep.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Justiça Federal em SP havia determinado nesta semana que, caso sejam necessárias “eventuais restrições mais severas de mobilidade social ou lockdown (…) que impeçam a realização” do exame em alguma cidade, a prova deverá ser reaplicada.

Cronograma:

Abaixo, veja as datas atualizadas:

17 e 24 de janeiro: Enem impresso para todo o país

31 de janeiro e 7 de fevereiro: Enem digital

23 e 24 de fevereiro: Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL); Enem em cidades cujas autoridades locais decidirem pelo adiamento da prova; reaplicação para candidatos que estavam com sintomas de Covid-19 em janeiro; reaplicação para afetados por problemas pontuais, como enchentes, que impeçam o acesso ao local de prova.

  • Notícias sobre