Educação

Ministro da Educação diz que aulas presenciais nas universidades voltam em 1° de março

Inicialmente ele decidiu voltar no dia 4 de janeiro, mas a data foi criticada por reitores que afirmaram que não retornariam as aulas.

Jornal do Sisal
camera_alt Cláudio Reis/Framephoto/Estadão Conteúdo

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou nesta terça-feira (8/12), que as aulas presenciais nas universidades federais voltam no dia 1° de março. A informação foi dada na conta oficial do ministro no Twitter. Ele disse que a decisão segue a maioria dos países do mundo.

“O governo de Jair Bolsonaro, por meio do Ministério da Educação, reafirma sua disposição favorável à retomada das aulas presenciais, observadas as devidas condições sanitárias e medidas de segurança”, disse Ribeiro.

Inicialmente a decisão foi a volta no dia 4 de janeiro, mas foi criticada pelos reitores que chegaram a afirmar que não retornariam as aulas. A portaria nº 1.030/2020, assinada pelo ministro, chegou até ser publicada no Diário Oficial da União (DOU) afirmando que “as atividades letivas realizadas por instituição de educação superior integrante do sistema federal de ensino (…) deverão ocorrer de forma presencial, observado o Protocolo de Biossegurança instituído na Portaria MEC nº 572, de 1º de julho de 2020, a partir de 4 de janeiro de 2021″.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE