Esporte

Derrotado na decisão, Marinho é eleito o craque da Libertadores

Jogador do Santos, que teve atuação abaixo na final, superou Soteldo, Weverton e Rony para ser escolhido como o melhor

camera_alt Reprodução/Conmebol

O final não foi como Marinho esperava. Com o gol de Breno Lopes já aos 54 minutos do segundo tempo, o Palmeiras venceu o Santos por 1 a 0 e foi campeão da Libertadores da América. Como “consolação”, porém, o camisa 11 santista foi eleito o melhor jogador da competição.

Apesar da atuação abaixo na decisão, Marinho superou o companheiro Soteldo e também Weverton e Rony, do Palmeiras, que também concorriam ao prêmio. Ao todo, ele disputou dez jogos no torneio e marcou quatro gols.

Marinho então leva para casa o anel, criado nesta edição, para premiar o melhor jogador da Libertadores. A joia, que tem 30 gramas de ouro, possui ainda 131 diamantes, uma safira amarela e uma esmeralda, além das inscrições “Best of The Tournament” e “Conmebol Libertadores”. Do R7.