Justiça

Flordelis muda versão e diz que filho não estava na cena do crime

Flávio foi preso suspeito de assassinar Anderson do Carmo. Em depoimento, deputada disse que filho subia a escada no momento do crime

Jornal do Sisal
Agência O Globo/Pedro Teixeira

Por Micael Levi

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) prestou depoimento nessa quarta-feira (05/02/2020), na 1ª Vara de Precatórias do Distrito Federal, sobre a morte do marido e pastor Anderson do Carmo. Ela afirmou que o filho Flávio dos Santos, indiciado pelo assassinato, não estava na cena do crime e subia as escadas da casa no momento.

Ela estava como testemunha de defesa de Flávio. Esta versão seria diferente do que disse a parlamentar até agora. À Polícia Civil, Flordelis teria dito que Flávio chegou ao local somente depois do assassinato.

“Causou muita estranheza que, sendo mostrado a ela [Flordelis] trechos de depoimentos dela na delegacia, disse desconhecer essas afirmações dadas por ela própria”, disse Angelo Máximo, advogado que representa a família do pastor.

Por outro lado, Ânderson Rollemberg, defensor da parlamentar, garantiu que o depoimento “converge” com os fatos investigados.

O pastor Anderson do Carmo foi assassinado em 16 de junho de 2019 na garagem da própria casa. Flávio, filho biológico de Flordelis, e o filho adotivo Lucas dos Santos estão presos suspeitos de participarem do crime. As informações são do jornal Extra.