Justiça

Justiça condena Oswaldo a pagar R$ 15 mil por ofender mãe de Glenn Greenwald

A mãe do jornalista faleceu em dezembro do ano passado, vítima de um tumor cerebral.

Jornal do Sisal
Reprodução / Lula Marques

Por Da Redação

A Justiça condenou o blogueiro Oswaldo Eustaquio Filho a pagar R$ 15 mil ao editor do site The Intercept Brasil, Glenn Greenwald, por ter ofendido a mãe dele, Arlene Greenwald. A informação é da jornalista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Arlene faleceu em dezembro do ano passado, vítima de um tumor cerebral. Segundo o juiz Antonio Carlos Maisonette Pereira, Oswaldo “ultrapassou os limites das liberdades constitucionais que lhe são asseguradas, agindo de forma abusiva ao disseminar informações equivocadas sobre o estado de saúde” da mãe de Glenn Greenwald.

Eustaquio Filho disse que Glenn mentiu sobre o estado de saúde de Arlene para acelerar a concessão de visto para os filhos menores – o jornalista queria que os filhos visitassem a avó antes que o quadro dela ficasse irreversível.

Em resposta ao agressor, Glenn o chamou de “lixo humano” e deu entrada no processo.