Justiça

Operação Grande Família apreende montante de R$ 21 milhões e bens

A ação cumpre mandados de busca e apreensão contra empresas suspeitas de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro em Salvador e Santo Antônio de Jesus

Jornal do Sisal
camera_alt Alberto Maraux

Por Metro 1

Durante a Operação Grande Família, deflagrada na manhã desta quarta-feira (16/12) pelas Secretarias Estaduais da Segurança Pública e Fazenda, além do Ministério Público, apreenderam aparelhos eletrônicos, documentos e joias, além de bens (imóveis e automóveis). Também houve o sequestro de R$ 21 milhões que estavam nas contas dos investigados.

“Passamos a acompanhar esse grupo a partir do mês de outubro deste ano. Entre 2012 e 2019, através de análise bancária, percebemos as transferências de grandes montantes entre os sócios, que são parentes, indicando a possibilidade de lavagem de dinheiro”, destacou a delegada Larissa Barros, integrante da CECCOR-LD.

Mandados de busca e apreensão em residências dos proprietários, lojas e escritório de advocacia foram cumpridos em Salvador e Santo Antônio de Jesus, com apoio da Dececap, COE e da PM.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
  • Notícias sobre