Justiça

Polícia prende homem suspeito de matar médico de Araci; amigo negociava venda de moto aquática

A prisão foi decretada depois de investigadores suspeitarem do envolvimento do homem.

camera_alt Aldo Matos/ Acorda Cidade

O homem acusado de ter matado o o médico psiquiatra Andrade Lopes Santana, de 32 anos, foi preso temporariamente, nesta sexta-feira (28/5), por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e do Sistema de Inteligência da 1ª Coorpin.

A prisão foi decretada pela juíza titular da Vara do Júri de Feira de Santana, Márcia Simões Costa, após investigadores suspeitarem do envolvimento do homem. De acordo com a polícia, o acusado, que também é medico, era amigo de Andrade e negociava a venda de uma Jet Sky ao psiquiatra. O veículo aquático foi encontrado na casa do suspeito.

O corpo do médico foi encontrado boiando no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, na manhã desta sexta-feira (28/5), por pescadores, com sinais de violência, um disparo de arma de fogo na nuca e uma corda no braço amarrada a uma âncora para o corpo não subir.

Ele estava desaparecido desde a última segunda-feira (24/5), quando saiu de Araci, na região sisaleira, dirigindo seu carro em direção a Feira de Santana na intenção de comprar uma moto aquática. A mãe dele e mais seis pessoas vieram do estado do Acre para prestar depoimento a polícia de Feira.

Natural do Acre, o médico residia na cidade de Araci e além de trabalhar em São Domingos, atuava também em Tucano e Caldas do Jorro.