Mundo

Covid-19: Jovem de 22 anos morre após esperar deitada no chão por atendimento

A foto da estudante de máscara no chão, viralizou no país, mostrou que o sistema de saúde na Argentina entrou em colapso devido a onda de infecções que enfrenta.

camera_alt Reprodução

Uma jovem de 22 anos morreu vítima de covid-19 depois de passar horas no chão esperando para ser atendida pela equipe do Hospital de Iturriaspe, uma comuna da província de Santa Fé, na Argentina. O caso aconteceu em 13 de maio e chocou os argentinos.

De acordo com o veículo informativo La Nación, a estudante de medicina veterinária Lara Arreguiz estava sofrendo de diabetes e procurou uma unidade de Saúde depois de ser infectada pelo coronavírus e se sentir muito mal.

No primeiro hospital em que os pais de Lara pediram ajuda, a equipe médica informou que não havia camas disponíveis para atendimento e deram uma cadeira de roda. Eles foram em busca de outra unidade.

Os pais da jovem então decidiu levá-la para o Hospital de Iturriaspe, mas como o país presencia um colapso no sistema de saúde a unidade também equipamentos para atendê-la. Alegando fortes dores pelo corpo que não impossibilitava de ficar de pé, então ela deitou em cima de uma mochila no chão.

“Disseram que não havia camas. Ela se sentiu muito quebrada e me disse que ia desmaiar. Ele me disse que queria se deitar, deitou no chão e eu coloquei uma jaqueta nela”, explicou a mãe da jovem.

Mais tarde, médicos a colocaram em uma cama e seguiram para realizar exames, quando foi ela foi diagnosticada com uma pneumonia bilateral — infecção e inflamação dos dois pulmões considerada mais grave que a pneumonia comum.

“Recebi uma mensagem do hospital perguntando se eu não queria ir vê-la. Achei estranho. Eu fui, e quando cheguei lá, estava muito ruim, com uma máscara de oxigênio. Ela olhou para mim e fez um sinal de que estava afogada. Não deixei ela assim. Eu saí, mas quando cheguei em casa eles avisaram que Lara tinha ido para UTI para ser entubada”, conta o pai. A jovem não resistiu as complicações da doença e veio a óbito na última sexta-feira (21/5).

A foto da estudante de máscara no chão, viralizou no país, mostrou que o sistema de saúde na Argentina entrou em colapso devido a onda de infecções que enfrenta. Ainda em luto, os pais de Lara pedem para que os jovens tomem consciência sobre o coronavírus, entendendo que o vírus também é mortal para eles. “Como não podem entrar lá [nos hospitais], muitos dizem que tudo isso é mentira”, disse o pai.