Mundo

Província turca obriga quem sai de casa sem máscara a ler 10 livros

A nova medida foi anunciada nesta quinta-feira (10/9

Jornal do Sisal
camera_alt Reuters/Umit Bektas

A província de Saraya, no nordeste da Turquia, publicou uma nova medida para quem não utilizar máscara em locais públicos: ficar três dias de quarentena, pagar multa de 650 reais e ainda ler 10 livros.

A nova medida foi anunciada nesta quinta-feira (10/9), em uma rede social pelo governador da província, Çetin Oktay Yildirim, e informou que 65 pessoas já foram multadas pelo descumprimento.

Os sancionados estão entre as pessoas flagradas em inspeções realizadas em todas as 81 províncias do país para aumentar as medidas de prevenção contra a Covid-19, em meio ao recente aumento de casos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governo turco também anunciou nesta sexta-feira (11/9) que os cidadãos contaminados que fugirem da quarentena serão multados e reclusos em dormitórios por pelo menos duas semanas.

 

  • Notícias sobre