Mundo

Reino Unido registra 1º caso de Covid-19 em gatos que contraiu dos donos

O felino de estimação e os donos se recuperaram da doença completamente e não transmitiram o vírus para outros animais ou pessoas da casa.

Jornal do Sisal
camera_alt Ramiz Dedaković/Unsplash

As autoridades de saúde do Reino Unido confirmaram nesta segunda-feira (27/7) o primeiro caso de um animal diagnosticado com Covid-19 no país. Trata-se de um gato doméstico que, segundo as suspeitas das autoridades de saúde locais, contraiu a doença dos seus donos.

“Este é o primeiro caso de um gato doméstico testando positivo para Covid-19 no Reino Unido, mas não deve ser motivo de alarme”, disse Yvonne Doyle, diretora médica da Public Health England.

O felino de estimação e os donos se recuperaram da doença completamente e não transmitiram o vírus para outros animais ou pessoas da casa. Os sintomas apresentados pelo animal foram corrimento nasal e falta de ar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante o anúncio da infecção do animal, as autoridades frisaram que não há evidências de que os gatos possam transmitir o vírus para os humanos. Além disso, reforçaram que infecções em animais domésticos são raras.

Embora seja novidade na Inglaterra, a infecção por Sars-Cov-2 já foi identificada em gatos em outros lugadores do mundo. Uma pesquisa, inclusive, sugere que os gatos são mais suscetíveis ao vírus do que cães.

  • Notícias sobre