Política

Carreira política de Michel Temer chega ao fim: “Já fui tudo”

Temer ainda disse que tem a intenção de se manter discreto, sob justificativa de que considera este o papel a ser desempenhado por quem foi presidente da República.

Jornal do Sisal
Reprodução

Por Da Redação

O presidente Michel Temer (MDB) disse em entrevista ao UOL, que sua carreira chegou ao fim. Ele disse que já ocupou todos os cargos políticos possíveis e não será candidato a eleição.

“Eu já fui tudo”, disse Temer à entrevista ao afirmar que depois de usar a faixa presidencial, não existe mais cargo a ocupar politicamente.

Temer ainda disse que tem a intenção de se manter discreto, sob justificativa de que considera este o papel a ser desempenhado por quem foi presidente da República.

Temer iniciou sua vida pública em 1983, quando foi nomeado procurador-geral do Estado de São Paulo pelo governador Franco Montoro. Temer foi deputado constituinte, presidiu a Câmara dos Deputados três vezes, foi vice-presidente e presidente da República. Também comandou o PMDB por 15 anos, quando o partido era o maior do Brasil.

“A essa altura, eu não tenho nenhuma intenção [de ser candidato]. Até porque, quem chegou à Presidência da República, em primeiro lugar, não pode ocupar outro cargo. Em segundo lugar, tem que ser de uma discrição absoluta. O que eu tenho procurado fazer”, disse.