Política

Chiclete, molho de pimenta e geleia de mocotó estão entre os R$ 1,8 bilhões gastos pelo governo em 2020

O valor é um aumento de 20% em relação a 2019.

Micael Levi
camera_alt Reprodução

Um levantamento feito pelo portal Metrópoles mostra que o governo federal gastou R$ 1,8 bilhões em alimentos. De acordo com o levantamento, mais de R$ 17 milhões foram gastos somente em goma de mascar e leite condessado.

Além dos R$ 5 milhões gastos em fruta desidratada, comidas tradicionais, como arroz, feijão, carne e salada, também estão no “carrinho do Governo”. Alimentos como sorvete, biscoito, massa de pastel, picolé, pão de queijo, pizza, bombom, vinho, chantilly, geleia de mocotó, estão inclusos.

Outros alimentos como molho shoyu, molho inglês e molho de pimenta juntos, deram o prejuízo de R$ 14 milhões. Pizza e refrigerante também estavam no “carrinho”, deixando um débito de R$ 32,7 milhões.

Os dados são disponibilizados no Painel de Compras, do Ministério da Economia, que mostra os total de todos os órgãos do executivo pagaram juntos. O valor é um aumento de 20% em relação a 2019.