PUBLICIDADE
Política

Flávio Bolsonaro diz que lockdown “é coisa de mau gestor”

Assim como o pai, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sendo contra as medidas tomadas para evitar um colapso na saúde nos Estados.

Micael Levi
camera_alt Sérgio Lima/Poder360

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) criticou os governadores que adotaram ‘lockdown’ nos estados brasileiros. A crítica foi feita em uma postagem nas redes sociais nesta quarta-feira (3/3).

Ele comparou a um ditador governadores que tomam a decisão contra o coronavírus. “Lockdown é coisa de mau gestor! E ser gestor como ditador é mole”, escreveu em uma imagem.

De acordo com ele, os governadores “querem destruir muito além da economia do país”. A miséria, a fome e o desemprego estão no mesmo pacote!”, complementou.

PUBLICIDADE
Reprodução/Instagram

O lockdown foi novamente adotado por alguns estados brasileiros. Bahia, Ceará e o Distrito Federal anunciaram a medida devido a grande ocupação de leitos UTI dedicados a tratamento da Covid-19. Nesta terça-feira (2/3), o governador da Bahia, Rui Costa (PT), ampliou para 1º de abril toque de recolher na maioria das cidades.

Assim como o pai, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sendo contra as medidas tomadas para evitar um colapso na saúde nos Estados. Desde o ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) deu poder aos estados para tomar decisões sobre medidas restritivas.

“Segundo o STF, isso cabe a governadores e prefeitos. Lockdown não é culpa minha: é de governadores e alguns prefeitos”, disse o mandatário.