Região do Sisal

Advogado é assassinado quando deixava reunião de professores em Nordestina

Criminosos se aproximaram da vítima e efetuaram vários tiros.

camera_alt Reprodução

O advogado Anderson Félix do Bonfim foi morto a tiros enquanto deixava a escola em que leciona Tertuliano Souza Pereira, na Avenida Luiz Eduardo Magalhães, em Nordestina, região sisaleira da Bahia, onde participava de uma reunião de professores, na noite desta quarta-feira (25/5).

Bonfim foi surpreendido por criminosos que se aproximaram dele e efetuaram vários disparos. Ele não resistiu e veio a óbito no local. Ele foi alvejado com cerca de 4 tiros.

Segundo o site Calila Notícias, a vítima era professor de Inglês e Português na escola e estava deixando a reunião de Acompanhamento Complementar (AC) com outros professores.

Um dos colegas que acompanhou Anderson informou que quando ouviu os disparos retornou ao interior da escola para se proteger. O corpo da vítima foi encontrado caído no meio da rua.

Por meio de uma publicação nas redes sociais, a prefeitura de Nordestina publicou uma nota lamentando a morte e prestando solidariedade aos familiares e amigos.

A APLB/Sindicato também publicou uma nota manifestando grande pesar pelo falecimento do professor. “A direção externa as mais sinceras condolências à família e amigos, por esta irreparável perda, e roga que as forças divinas confortem os corações de todos que conheciam e amavam o professor Anderson”, diz a nota.