Região do Sisal

Caso Davi: Menino completa 16 dias desaparecido; bombeiros estão a procura

Ele desapareceu no último dia 28 de março enquanto estava a caminho da casa da avó

camera_alt Divulgação/Corpo de Bombeiros

A procura por Davi Lima Silva, de 11 anos, que despareceu em um povoado de Itiúba no último dia 28 de março, completou 16 dias. O corpo de bombeiros ainda não encontrou novas pistas.

O menor sumiu enquanto estava a caminho da casa da avó, na comunidade de Varzinha, em Itiúba, território sisaleiro da Bahia. As buscas por ele começou no mesmo dia do seu desaparecimento.

Dias depois do Corpo de Bombeiro, Companhia de Segurança REX, caçadores e voluntários iniciarem a procura, uma equipe da Polícia Militar e Civil realizaram uma força-tarefa com cães farejadores e um helicóptero utilizando pistas mostradas por quem começou as buscas.

Corpo de Bombeiros procura por Davi
Corpo de Bombeiros procura por Davi – Divulgação/Corpo de Bombeiros

Depois de dias procurando, os policiais decidiram encerrar as buscas quando todos os recursos se esgotaram, mas o trabalho do Corpo de Bombeiros continuou na região de áreas de difícil acesso com serras e matas.

O tenente-coronel Tarcísio Ribeiro, comandante do 9º Grupamento de Bombeiro Militar de Juazeiro (9º GBM), afirmou que não descarta a possibilidade de rapto ou sequestro. “Chegamos à conclusão que não é mais um caso de busca e sim de investigação”, disse.

O caso foi direcionado para a investigação na 19ª COORPIN, sob o comando do delegado Dr. Felipe Nery, que atuará juntamente com a DT de Itiúba.