Região do Sisal

Covid-19: Território do Sisal chega a 234 óbitos e 22,4 mil casos

É considerado o epicentro regional da doença o municípios com mais casos ativos, sendo Araci

Da Redação
camera_alt Arte/Jornal do Sisal

A Região do Sisal chegou a marca de 234 óbitos em decorrência da doença respiratória Covid-19 segundo a atualização do JS Dados desta terça-feira (9/2).

A marca é atingida depois de Santaluz registrar o 23º óbito nesta segunda (8/2) se tornando um dos municípios com mais mortes provocados pela doença no território, atrás de Conceição do Coité (27), Serrinha (29) e Araci (23).

Com 528 casos a mais em relação a última atualização, o total de infectados contados desde o início da pandemia é 22.492. Entre eles, 20.886 são considerados recuperados e com 43 novos ativos, 1.132 o total.

É considerado o epicentro regional da doença o municípios com mais casos ativos, sendo Araci com 439, totalizando 2.029 desde o início da pandemia.

Não atualizam seus dados há alguns dias as cidades de Ichu, Lamarão e Queimadas. Veja os números na sua cidade clicando aqui.

Alguns municípios da estão na segunda fase de vacinação onde o grupo prioritário são idosos com mais de 90 anos. Enquanto alguns estão na primeira imunizando idosos com mais de 80 anos.

Santaluz, segundo com mais ativos, recebeu no último domingo (7/2), 220 novas doses da vacina contra doença. A informação foi dada pela Secretaria Municipal de Saúde sem especificar o fabricante. A cidade sisaleira vacina os profissionais da saúde e idosos com idades especificadas no plano de imunização elaborado pela secretaria.