PUBLICIDADE
Região do Sisal

Covid-19: Território do Sisal chega a 380 mortes depois de registros em Queimadas, Teofilândia e Valente

Secretarias de Saúde chamam atenção para que sejam redobrados os cuidados preventivos. 

Jornal do Sisal
camera_alt Reprodução

A Região do Sisal chegou a marca de 380 falecimentos em decorrência da Covid-19 nesta segunda-feira (29/3), segundo dados das secretaria de Saúde dos 20 municípios que formam o território sisaleiro.

As novas mortes foram registradas em Queimadas, Teofilândia e Valente. A secretaria municipal de Saúde de Queimadas não informou o mais novo óbito.

Em Teofilândia, segundo a Saúde, trata-se de um paciente do sexo masculino, de 79 anos, residente da comunidade de Lagoa do Boi. Ele estava internado em Salvador, mas não resistiu as complicações da doença e faleceu neste domingo (28/3). Até o momento, 16 mortes relacionadas a Covid-19 foram contabilizadas na cidade.

PUBLICIDADE

Segundo a Secretaria de Saúde de Valente, uma paciente de 82 anos com hipertensão teve seu quadro de saúde piorado e veio a óbito. A informação foi divulgada nesta segunda. A cidade sisaleira tem o mesmo total de Teofilândia.

“Considerando a gravidade da doença e sua letalidade, além da identificação de novas variantes em alguns municípios baianos, reforçamos a necessidade de manter o uso frequente de máscaras, a higienização das mãos e o distanciamento social”, escreveu o órgão nas redes sociais.

Desde o começo da pandemia, a região sisaleira da Bahia registrou 29.821 casos confirmados. Destes, segundo o levantamento feito pelo Jornal do Sisal, 1.080 encontram-se ativos e 28.359 estão recuperados.

Conceição do Coité e Serrinha são considerados epicentros regional com 6.939 e 5.075 casos, respectivamente. Secretarias de Saúde chamam atenção para que sejam redobrados os cuidados preventivos.