PUBLICIDADE
Região do Sisal

Covid-19: Território do Sisal tem queda expressiva de ativos e aumento de óbitos

Houve três novos falecimentos em decorrência da doença respiratória, sendo dois em Serrinha e um em Itiúba

Jornal do Sisal
camera_alt Reprodução

A Região do Sisal registrou uma queda expressiva na quantidade de ativos da Covid-19 segundo a atualização feita pelo Jornal do Sisal nesta terça-feira (30/3). Houve uma queda de 165, chegando a 915.

O território sisaleiro na Bahia a cada dia tem diminuído a quantidade de ativos mais do que aumenta. Somente nos dias 24, 25 e 27 foram registrados aumento.

Houve três novos falecimentos em decorrência da doença respiratória, sendo dois em Serrinha e um em Itiúba, contabilizando 383. Além de Serrinha ser um dos municípios com mais óbitos (52), são também Conceição do Coité (35) e Tucano (29).

PUBLICIDADE

A Secretaria de Saúde não divulgou o perfil do mais novo falecido. De acordo com a Sesaus (Secretaria Municipal de Saúde de Serrinha), o primeiro óbito foi de uma paciente de 70 anos, moradora da Licurituba que possuía histórico de câncer de mama e doença renal crônica. O segundo óbito foi de um paciente de 71 anos, morador da vaquejada que não possuía comorbidades.

Desde o início da pandemia, foram identificados 29.913 casos confirmados. Destes, 28.646 são considerados recuperados.

  • Notícias sobre