Região do Sisal

Em menos de um mês, acidentes na BA-120 deixaram quatro mortos e vários feridos

Uma pesquisa realizada pelo SeguroAuto.org mostra que rodovias com boas condições e sinalização podem reduzir a ocorrência de acidentes.

camera_alt Reprodução

Na semana passada a Região do Sisal ficou em choque quando recebeu a notícia de que dois motoristas morreram carbonizados em um acidente envolvendo dois ônibus da empresa Expresso São Matheus, que colidiram. O motivo da revolta de muitos foi de que a provável causa de o acidente acontecer foi a alta quantidade de buracos que a BA-120 tem.

O acidente que aconteceu próximo ao local conhecido como Cascalheira, próximo ao município de Retirolândia, na região do sisal na Bahia, tirou o direito de se aposentar de Mário Ferreira de Almeida, 62 anos, conhecido por Jango, que, segundo o filho, contava os dias para desfrutar do benefício.

Jango dirigia um ônibus que seguia para Queimadas, município também na Região do Sisal. O veículo colidiu com o que Narciso Petrus de Santana, idade desconhecida, estava conduzindo. Os cobradores conseguiram se salvar.

De acordo com a Polícia Militar (PM), informações iniciais de testemunhas apontam que os veículos bateram de frente quando um dos motoristas tentava desviar de buracos na pista.

Dias antes, um homem identificado como Urbano Lopes da Silva, 67 anos, se envolveu em um acidente enquanto viajava em uma motocicleta e acabou morrendo na hora. O fato aconteceu na entrada da cidade de Retirolândia.

Segundo socorristas, a moto de Urbano colidiu com um carro modelo Gol que era conduzido por Evangelito Cardoso da Gama, 40 anos, que recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado para o hospital.

O condutor do carro de passeio, conhecido como Vandinho Cigano, recebeu atendimento no Hospital Municipal de Retirolândia, mas não resistiu aos ferimentos.

Além da vítima, no veículo haviam mais dois ocupantes, segundo informou os socorristas que estiveram no local do acidente. De acordo com informações, Vandinho tentou desviar, mas o veículo acabou capotando.

No último domingo (13/2), a queda de moto deixou Ícaro dos Santos Pereira Araújo inconsciente e em estado grave. O jovem de 22 anos pilotava uma motocicleta modelo Honda XRE quando deixava Retirolândia sentido Conceição do Coité.

Ele recebeu os primeiros socorros pela equipe de socorrista do Águia Resgate, que o conduziu para o hospital de Retirolândia, mas por causa do seu estado grave precisou ser transferido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) em Feira de Santana. O pai dele morreu no mesmo trecho em 2017.

Slide: Acidentes na BA-120

A alta de acidentes na rodovia acendeu o alerta das autoridades. Depois do acontecimento que vitimou os motoristas dos ônibus, uma operação tapa-buraco foi acionada ao mesmo tempo que os destroços eram retirados do local.

A operação, avaliada por caminhoneiros como algo que não funciona, é de responsabilidade do governo de Retirolândia, que tenta suprir a necessidade de uma pista não danificada e minimiza o desprezo do governo estadual para com o trecho da rodovia.

Uma pesquisa realizada pelo SeguroAuto.org mostra que rodovias com boas condições e sinalização podem reduzir a ocorrência de acidentes. Nas estradas brasileiras, o motorista precisa está duplamente atento, não podendo perder a atenção, pois em seu trajeto pode surgir lugares acidentados.