Região do Sisal

Eventos com aglomeração é flagrado em Retirolândia; prefeitura decide punição

Ninguém foi preso em nenhuma das ocorrências

Da Redação
camera_alt Reprodução/G1

Moradores de Retirolândia, na região sisaleira da Bahia, denunciaram dois eventos com aglomeração no domingo (18/4) e na sexta-feira (16/4) no município de público de maioria jovem. As informações são do G1.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais é possível ver as pessoas presentes sem máscaras de proteção e desrespeitando o distanciamento social para evitar a proliferação da covid-19. De acordo com moradores, o evento de domingo era de uma corrida de cavalos que acontece há alguns anos na região.

Na sexta, houve um evento esportivo na Arena Gira Bola. Ninguém foi preso em nenhuma das ocorrências. A prefeitura informou que ainda estuda qual punição será dada aos organizadores da festa assim como os presentes. Os eventos que descumpriram o decreto está sendo analisado individualmente.

“Em muitos grupos da cidade [nas redes sociais], muitas pessoas estavam revoltadas e fazendo críticas às aglomerações. Os casos aqui estão poucos, mas a preocupação é aumentar diante desses eventos que foram registrados”, relatou o morador ao G1.

O secretário de Saúde, Cláudio Inocêncio, se posicionou sobre o assunto em uma transmissão ao vivo. “Infelizmente a gente lamenta muito a falta de consciência não só de quem promove esse tipo de evento, mas também das pessoas que participam, porque se as pessoas não participassem o evento realmente não teria êxito”, disse o secretário.

“Enfim, a gente lamenta bastante. No momento crítico como esse ainda tem essa falta de consciência”, completou Cacau, como é popularmente conhecido, que já testou positivo para a covid-19.

Com 10 óbitos relacionados a doença respiratória, Retirolândia se aproxima 1.250 infecções desde o início da pandemia. Até o momento, há 15 pessoas com os sintomas.