PUBLICIDADE
Região do Sisal

Levantamento mostra que Região do Sisal ultrapassou 300 mortes por Covid-19

Os maiores números concentram-se em Serrinha e Araci.

Micael Levi
camera_alt Reprodução

Um levantamento feito pelo Jornal do Sisal nesta quarta-feira (10/3), mostrou que a Região do Sisal registrou 9 novas mortes relacionadas a doença respiratória Covid-19 em 48 horas. É o maior número de morte diário desde o começo da pandemia.

Com isso, o total de mortes no território sisaleiro chega a 302 com maiores números em Serrinha (37) e Araci (34). Veja a lista abaixo. Na mais recente atualização foram identificados 471 novos casos, chegando a 26.713 desde o início da pandemia. Destes, 24.943 são considerados recuperados e 1.467 encontram-se ativos no momento. O portal faz o levantamento da situação do coronavírus na região diariamente.

Os grandes números fez com que os prefeitos se reunissem com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), na semana passada para adotar medidas mais restritivas que teve sua validade até quarta. Sem durar muito tempo, as medidas para conter o avanço do vírus foram vencidas para a determinação da abertura de todo o comércio depois de uma outra reunião com o chefe do Executivo Estadual. O toque de recolher das 20h até as 5h permanecem até o final do mês.

PUBLICIDADE