Região do Sisal

Retirolândia: Homem de 75 anos é o sexto óbito provocado pela Covid-19

O primeiro óbito em decorrência da doença respiratória em Retirolândia aconteceu em agosto.

Jornal do Sisal
camera_alt Tai’s Captures/Unsplash

O município de Retirolândia, na região do Sisal, registrou nesta segunda-feira (14/12) o sexto óbito provocado pela Covid-19, doença respiratória provocada por um coronavírus.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a vítima é um homem de 75 anos com hipertensão e diabetes. Ele que residia na sede morreu nesse domingo (13/12).  A cidade sisaleira registrou desde o início da epidemia de coronavírus, 799 casos confirmados. Entre estes, 790 são considerados recuperados e 3 ativos.

“A SMS informa que devido ao longo prazo para liberação de resultados de exames, a nível central, muitas das pessoas que testaram positivo para COVID-19, já cumpriram a quarentena preconizada pelo MS/OMS e já constam na lista de recuperados”, informou o órgão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O primeiro óbito em decorrência da doença respiratória em Retirolândia aconteceu em agosto. De acordo com o órgão de Saúde, a vítima era um homem de 43 anos, natural de Camaçari. Na época, a cidade registrava cerca de 20 casos. Um homem de 45 anos foi o primeiro caso confirmado, que aconteceu em maio.

  • Notícias sobre