Região do Sisal

Secretaria de Educação de Coité suspende transporte escolar por causa dos estragos provocados pela chuva

A Secretaria de Infraestrutura informou que sete estradas vicinais sofreram maior dano e que serão consertadas quando estiar.

camera_alt Reprodução

As fortes chuvas na Região do Sisal tem deixado rastros de destruição em diversos municípios, inclusive em Conceição do Coité, deixando a estrada totalmente difícil para o transporte escolar. Neste domingo (7/11), a Secretaria de Educação do município publicou um nota informando a suspensão do transporte.

“Trabalhos de recuperação das estradas serão realizados e precisamos ter segurança para o trânsito e o transporte do escolar. Portanto estão os transportes suspensos mediantes situação. Assim que houver condições de que os transportes circulem, eles retornarão à ativa”, publicou o órgão.

Como os alunos da redes estadual também utilizam o serviço municipal, as aulas, que por conta da pandemia tem acontecido no modelo híbrido, acontecerá de maneira remota. Mesmo anunciando que a suspensão aconteceria nesta segunda, a pasta não tem previsão de quando as estradas serão consertadas para o retorno do funcionamento dos transportes.

A Secretaria de Infraestrutura de Coité em um comunicado publicado neste domingo, informou que sete estradas vicinais sofreram maior dano por conta da chuva e que serão consertadas quando estiar. “As vias foram danificadas e nenhum veículo consegue transitar”, informou o órgão.

As fortes chuvas que caem na Região do Sisal tem enchido os açudes e também deixado um rastro de destruição. Em alguns municípios, como Santaluz, as águas invadiram propriedades e provocou queda de energia.

De acordo com meteorologistas, as chuvas no território sisaleiro devem durar até a segunda-feira (8/11), com foco nas cidades de Santaluz, Serrinha, Teofilândia, Conceição do Coité e Valente. O tempo deve voltar ao normal na terça-feira (9/11).