PUBLICIDADE
Saúde

Anvisa aprova Remdesivir, 1º medicamento para tratamento da Covid-19 no Brasil

Com isso, o medicamento passa a ter recomendação em bula para pacientes com a doença.

Jornal do Sisal
camera_alt Zsolt Czegledi / EFE

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou nesta sexta-feira (12/3), o uso do medicamento Remdesivir para tratamento de pessoas hospitalizadas com Covid-19 no Brasil. Com isso, o medicamento passa a ter recomendação em bula para pacientes com a doença.

Os Estados Unidos começou o uso em pacientes em estado grave que não estão entubados em outubro após a aprovação da FDA (Food and Drug Administration), órgão equivale a Anvisa.

Após a aprovação nos EUA, a OMS (Organização Mundial da Saúde) informou que não há evidências do antiviral no tratamento para a doença respiratória. A organização ressaltou, no entanto, que isso não significa que ele não possa ter benefício para alguns pacientes.

PUBLICIDADE

O medicamento foi desenvolvido inicialmente para tratamento do ebola. Embora tenha apresentado bons resultados em estudos pré-clínicos, o medicamento não teve a eficácia esperada em um estudo randomizado conduzido durante um surto da doença.

O remédio não pode ser encontrado em farmácias pois seu uso é exclusivamente hospitalar. Ele ainda não está disponível nos hospitais do Brasil e nem para compra em farmácias.