Saúde

Conass pede que governo crie um programa de imunização para todos os estados

Os secretários pediu que fossem adquiridas todas as vacinas com segurança e eficácia comprovada.

Jornal do Sisal
camera_alt Márcia Folleto/O Globo

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) publicou uma nota nesta sábado (5/12) em seu site pedindo para que o Governo Federal inclua a vacina contra a Covid-19 no Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A inclusão é para que todos os estados sigam uma ordem de imunização e alertam para uma falta de organização entre as unidades federativas, que sigam cronogramas e grupos prioritários diferentes, o que dificulta o acesso universal à vacina no Brasil.

Os secretários ainda pediu que fossem adquiridas todas as vacinas com eficácia e segurança comprovadas, assim imunize toda a população no PNI.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) reiteram a defesa da incorporação pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) de todas as vacinas contra a Covid-19, com reconhecidas eficácia e segurança, especialmente as que já estão sendo testadas no Brasil, considerada, ainda, a necessidade de se alcançar a imunização de toda a população brasileira, com a máxima brevidade”, afirmaram os secretários em uma nota.

“É urgente que os processos de avaliação para o uso emergencial de vacinas contra a Covid-19, a logística de aquisição de insumos, o sistema de informações, a definição das estratégias de monitoramento e avaliação da campanha e, principalmente, a aquisição das vacinas estejam sob a coordenação do Ministério da Saúde, responsável pelo PNI, como medida para garantir a equidade entre os entes subnacionais”, destacou a nota.

  • Notícias sobre