Saúde

Estudo aponta que usar duas máscaras aumenta proteção contra coronavírus em 90%

Os pesquisadores alertam para a existência de outras variedades do equipamento de segurança no mercado.

Da Redação
camera_alt Pixabay

Um estudo feito pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) mostra que o uso de uma máscara cirúrgica e uma de tecido reduz o contágio do coronavírus, causador da doença respiratória Covid-19, em 90%.

De acordo com a pesquisa, usar corretamente as máscaras vedando o contorno dos olhos impede que gotículas de saliva vaze nas bordas, aquelas que podem ficar suspensas no ar.

A pesquisa ainda tem limitações e os resultados não podem ser generalizados. No estudo, foram usadas apenas um tipo de máscara cirúrgica e um tipo de tecido. Os pesquisadores alertam para a existência de outras variedades do equipamento de segurança no mercado.