PUBLICIDADE
Saúde

Governo envia avião para buscar 2 milhões de doses de vacina na Índia

De acordo com o ministro, ainda em janeiro, a partir de liberação da Anvisa, o governo terá 8 milhões de doses para vacinar a população.

Micael Levi
camera_alt Marcos Corrêa/PR

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello (Eduardo Pazuello), disse que um avião  parte para a Índia nesta quarta-feira (13) para buscar 2 milhões de doses da vacina Covid-19. O imunizante foi desenvolvida pela AstraZeneca em cooperação com a Universidade de Oxford. A dose vem do laboratório de Serum.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou no dia 2 de janeiro o pedido da Fiocruz para importação das duas milhões de doses da vacina. “É o tempo de viajar, apanhar e trazer, já está com documento de importação pronto […]. Então quando nós tivermos a posição da Anvisa, temos material distribuir e temos capacidade para vacinar no país todo”, disse Pazuello.

A Fiocruz pediu o uso emergencial de vacinação à Anvisa nesta sexta-feira (8/1). A agência reguladora informou nesta terça-feira (12/1) que a reunião para apurar a autorização emergencial da vacina está marcada para domingo (17/1).

PUBLICIDADE

De acordo com o ministro, ainda em janeiro, a partir de liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o governo terá 8 milhões de doses para vacinar a população. Serão 6 milhões de doses do Butantan, produzida em parceria com o laboratório Sinovac, e essas duas milhões de doses da vacina de Oxford importadas da Índia. Com informações do G1.